Maria Oliveira – Poemas De Lírio
novembro 20, 2020
 Crase,  crise e pandemia 
novembro 24, 2020

As 7 redes sociais mais usadas no Brasil

No texto de hoje, separei um dossiê (ou quase isso) para falarmos sobre as redes sociais mais usadas no Brasil.

Também vamos conhecer um pouco mais sobre cada uma delas, data de criação, curiosidades e particularidades. Vamos lá?

Mas, primeiro, vamos começar respondendo à pergunta central deste artigo; as redes sociais mais utilizadas no Brasil são, nesta ordem:

  1. Facebook
  2. WhatsApp
  3. YouTube
  4. Instagram
  5. Twitter
  6. LinkedIn
  7. Pinterest

 

 

  1. Facebook

Sobre a rede social

O Facebook foi criado em 2004 e, atualmente, a rede social conta com mais de 2,7 bilhões de usuários, sendo 130 milhões de usuários brasileiros.

O que encontramos por lá

Lá, a gente vê de tudo: política, culinária, fotos pessoais, fotos de bebês… Mas, o mais importante a ser dito sobre essa rede é que ela filtra as publicações de acordo com o seu interesse. E o Facebook sabe qual é o seu interesse porque ele acompanha todas as suas ações por lá.

Quando você curte, comenta, compartilha ou apenas visualiza um conteúdo por mais tempo, ele guarda essa informação para que, posteriormente, mostre a você apenas conteúdos similares aos que você apreciou.

O perfil do público que usa a rede social é de 18 a 44 anos, mas pesquisas mostram que o público jovem está saindo dessa rede social.

Por isso, a equipe do Facebook tem criado estratégias para que as pessoas permaneçam por lá. Um exemplo disso: trazer lembranças de publicações de anos anteriores para inspirar o usuário e incentivá-lo a compartilhar novamente, comentar, marcar o amigo etc.

Tudo isso é importante para a equipe do Facebook por um motivo simples: eles vendem os seus dados para as empresas que anunciam ali dentro.

Assim, um anunciante pode filtrar o público que terá acesso aos anúncios. E esse filtro é por interesses. É aí que seus interesses, suas curtidas, comentários e ações entram.

Pra explicar melhor: suponhamos que você goste muito de ginástica e curte tudo sobre o assunto. Um anunciante desse setor filtrará seus anúncios para que ele chegue até você.

Nesse caso, ao ver o anúncio, você provavelmente se sentirá compelido a clicar, obter mais informações e até comprar. É assim que os donos das redes sociais e as empresas que anunciam por ali conseguem ganhar dinheiro: por meio dos seus dados e ações.

 

  1. WhatsApp

Sobre a rede social

Ele foi criado em 2009. Um bilhão e meio de pessoas no mundo já utilizam esse canal e, desses, 120 milhões estão no Brasil.

Um público bem eclético, de 13 a 50 anos, domina a rede e troca mensagens diariamente por lá. Atualmente, idosos também estão se conectando por meio do WhatsApp.

O que encontramos por lá

Essa migração de novos públicos e acessibilidade tem gerado o amplo compartilhamento de notícias falsas, as famosas “Fake News”. Esse é um outro ponto sobre o qual já falei em um vídeo, mas que merece ainda mais nossa atenção e, certamente, um espaço exclusivo em breve.

Usar o WhatsApp como estratégia de marketing digital pode ser uma excelente ou uma péssima ideia. Tudo depende de como você fará esse uso. Por isso, a dica é: evite mandar mensagens para pessoas que não autorizaram o envio.

Em vez de criar grupos para enviar promoções e novidades, crie listas de transmissão. Aliás, já existem no mercado algumas ferramentas que possibilitam o envio automático (e individual) de mensagens via WhatsApp.

Uma boa pesquisa ou consultoria especializada poderá trazer a melhor estratégia para utilização dessa rede.

 

  1. YouTube

Sobre a rede social

Foi criado em 2005, e atualmente há mais de 1,9 bilhões de usuários no mundo; no Brasil, já são mais de 98 milhões. A faixa etária das pessoas que utilizam o YouTube é: 18-34.

Você pode publicar qualquer coisa nessa rede social, desde que utilize seu produto ou serviço para levar algum tipo de conhecimento/ensinamento para os usuários que estiverem pesquisando sobre eles.

Se você tem algo relevante a compartilhar, não tenha medo! Use o YouTube para divulgar essa informação. Comece com o que você tem. Garanto que os resultados virão!

O que encontramos por lá

As horas de vídeos assistidos no YouTube já ultrapassam as horas assistidas na televisão. Isso porque a rede social é democrática, diversificada e possui vídeos, tutoriais e entretenimento para todos os gostos. A facilidade e responsividade da rede, ou seja, a possibilidade de assistir em qualquer dispositivo com acesso à internet e em qualquer lugar (por exemplo, lavando a louça), também contribui para a o crescimento contínuo e substancial dessa rede.

 

  1. Instagram

Sobre a rede social

Foi criado em 2010 e comprado pelo Facebook em 2012. Atualmente, o Instagram possui mais de um bilhão de usuários no mundo, 400 milhões de Stories visualizados diariamente e 64 milhões de usuários ativos no Brasil.

O Instagram começou como uma grande plataforma de fotos conceituais. Posteriormente, as empresas, celebridades e marcas perceberam que ali era um bom lugar para compartilhar sobre produtos e serviços.

Depois, profissionais liberais e especialistas começaram a compartilhar pílulas de conhecimento. E as pessoas “comuns” começaram a publicar fotos cotidianas.

Tudo isso garantiu e garante o sucesso do Instagram, que só cresce a cada dia e é, sem dúvida, um ótimo ambiente para pensar sobre uma estratégia de marketing digital para os seus negócios.

Utilizando as fotos, conteúdos e hashtags corretamente, além de explorar também os anúncios segmentados por lá, é possível obter excelente resultados para sua empresa.

O que encontramos por lá

Fotos e vídeos diversificados. Mistura de publicações de famosos, blogueiras, pessoas comuns e militantes das mais diversas causas. Dependendo das pessoas e hashtags que você acompanha, o Instagram será uma miscelânea de informações variadas e uma fonte inesgotável de conteúdo e entretenimento.

E isso não só na timeline, mas também no Stories, que é composto por vídeos de até 15 segundos – que expiram 24h após a publicação (caso o usuário não o coloque como destaque, o que também é uma possibilidade).

 

  1. Twitter

Sobre a rede social

Criado em março de 2006, atualmente a rede social conta com mais de 335 milhões de usuários em todo o mundo.

Além de divulgar as informações sobre sua empresa e o mercado em que ela atua, o canal pode ser uma fonte criativa para relacionamento com o usuário, se esse for o estilo do seu negócio. A Netflix, por exemplo, sempre tem conversas criativas, que geram burburinhos por lá. Vale dar uma olhada!

Fato é que, seja no Twitter ou em qualquer outra rede social, é importante certificar-se de que o seu cliente também utiliza o canal. Não adianta estar onde seus clientes não estão. Por isso, um diagnóstico de marketing digital se faz extremamente necessário.

Por meio dele, você constatará os canais essenciais para o seu público e consequentemente para o seu negócio.

O que encontramos por lá

Informações urgentes? Vai no Twitter! Geralmente, as notícias surgem primeiro por lá.

Talvez por ser uma rede muito dinâmica e de fácil acesso e manuseio — antes o limite era de 140 caracteres, agora é de 280 e mais algumas opções de mídias como fotos e vídeos — o Twitter é um canal conhecido por disseminar informações com alta velocidade e instantaneidade. Por lá também costumam surgir os virais e os memes.

Além disso, há a divulgação de informações de portais de notícias, empresas, celebridades e marcas.

O Twitter também é marcado por compartilhamento de informações entre os usuários. Conversas, entretenimento, discussões construtivas, ou não, e uma infinidade de assuntos interessantes podem ser encontrados por lá. Basta ter paciência para entender seu funcionamento, seguir as pessoas certas (para você e para seu gosto) e aproveitar!

 

  1. LinkedIn

Sobre a rede social

Criado em 2003, o LinkedIn possui, atualmente, 590 milhões de usuários ativos no mundo. No Brasil, são 35 milhões de usuários ativos. Apesar de não ser informada a faixa etária dos usuários dessa rede, há informações de que a maioria deles ocupam cargos de diretoria e gestão.

O que encontramos por lá

O LinkedIn é uma rede social extremamente profissional. Pode ser comparada a uma grande sala de entrevistas de emprego, ou a um grande seminário corporativo.

Lá é o ambiente virtual perfeito para obter e compartilhar informações sobre o mercado, fazer networking, descobrir oportunidades de trabalho, procurar candidatos etc.

Por isso, jamais utilize o LinkedIn como rede social de entretenimento. Desde a foto de perfil até as informações pessoais e o conteúdo que se compartilha e curte, cuide para que haja sempre profissionalismo e foque suas ações para o mercado corporativo.

As pessoas estão ali para isso e você está sendo observado.

 

  1. Pinterest

Sobre a rede social

O Pinterest foi criado em 2010 e, atualmente, possui mais de 230 milhões de usuários em todo o mundo. Não há informações sobre a faixa etária de seus usuários, mas mulheres representam 60% de seus usuários ativos.

O que encontramos por lá

Ele funciona como uma grande vitrine de fotos dos mais diversos tipos de produtos, objetos, roupas e ideias. Trata-se de uma grande rede social que gera inspirações. Seus usuários ficam navegando por horas, “pinando”(ou separando) as imagens que mais lhe agradam.

Se sua empresa usar o Pinterest com inteligência, ele se será uma ótima ponte para levar usuários até o seu site, porque as visitas ao site do seu negócio podem aumentar consideravelmente por meio de imagens que são publicadas no Pinterest. Faça o teste!

Agora que você já conhece as sete redes sociais mais usadas no Brasil, que tal pensar em uma estratégia de negócios para atuar de forma eficiente e coerente no ambiente digital? Saiba como solicitar um diagnóstico de marketing digital para sua empresa, para formatar um planejamento anual estratégico e embasado em pesquisas e análises.

Na descrição do vídeo abaixo você encontra as referências sobre os números de cada rede social. Até o próximo artigo!

https://youtu.be/AdAanRV41zs

 

 

2 Comments

  1. cilene disse:

    Nossa que interessante. Uso muito as redes sociais, o texto foi muito esclarecedor!
    Parabéns pela Matéria!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *