“DÓRIS VIVÊNCIAS” – UM CANTO DE RESISTÊNCIA E LUTA!

O ABISMO DA DESIGUALDADE
01/06/2022
Arraiá da Intrépida Alegria
10/06/2022

“DÓRIS VIVÊNCIAS” – UM CANTO DE RESISTÊNCIA E LUTA!

“DÓRIS VIVÊNCIAS” – UM CANTO DE RESISTÊNCIA E LUTA!

DÓRIS E BANDA

SHOW DE LANÇAMENTO EP “DÓRIS VIVÊNCIAS”

 

Ingressos

Individual – R$ 20,00

Mesa  4 pessoas – R$ 100,00

Vendas até 09/06/2022

Evento Presencial – Bar do Cacá “Onde o samba mora”

Endereço – Rua Andiroba – nº 20 – Bairro São Paulo

Belo Horizonte – MG

 

Venha curtir o lançamento do EP “Dóris Vivências” e um repertório com outros sambas que fazem parte da trajetória musical da cantora Dóris.

O EP “Dóris Vivências” é um resultado da pesquisa de campo sobre o Samba de Roda do Recôncavo Baiano, que foi realizada pela própria Dóris, no Mestrado Profissional em Educação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

O EP tem quatro faixas e as gravações tiveram início em janeiro de 2021.

 

A primeira faixa “No Samba de Roda Que Eu Vou”, parceria de Dóris com João Batera, é um bom exemplo do resultado da pesquisa, e é uma homenagem às sambadeiras do Recôncavo Baiano e a todas as sambadeiras do Brasil.

 

Segunda faixa  “Amor em Pauta” (Carlitos Brasil). O samba “Amor em Pauta”, de Carlitos Brasil, foi composto em uma das madrugadas em que o compositor, que participava de um curso de teoria musical na Ordem dos Músicos e estava muito envolvido com os conceitos teóricos da música, de partitura e tudo mais, deixou sobre o papel as coisas que estavam na sua cabeça, numa época de muitos romances.

 

Terceira faixa “ Negra” (Otacílio Jr e Ricardo Dias). A faixa “Negra” apresenta a canção dos compositores Otacílio de Oliveira Júnior e Ricardo Dias e é uma tentativa de contar um pouco os percursos das mulheres negras desde a África até as “Marielles” de hoje. Além de uma homenagem, essa canção é uma forma de reconhecimento da resistência feminina negra em meio a uma sociedade que insiste no apagamento histórico da importância das mulheres negras na construção do país e de sua cultura.

 

Quarta faixa “Gira na Gira” (Solange Caetano).  O samba “Gira na Gira”, de composição de Solange Caetano, representa a história das sambadeiras, trazendo à cena ancestralidade e herança, visto que o samba é passado de vó para neta, e de mãe para filha .

O Músico Betinho Moreno, violonista 7 cordas, foi o responsável pela  elaboração dos arranjos e produção do EP e Dóris fez a voz principal.

Formação da Banda

Dóris – Voz principal

Betinho Moreno – Violão Sete Cordas

Fabrício Cássio  – Cavaco

Carlitos Brasil   –  Percussão

Gilson Junio  – Percussão:

Ricardo Medeiros – Percussão

Vivi Amaral e Fran Januário – Coro

Participações especiais

Breno Rodrigo – Piano

Solange Caetano  – Voz

Nivea Sabino – Intervenção Poética

Valéria Silva e Rogéria  – Sambadeiras

 

 

Local – Bar do Cacá “Onde o samba mora”

Rua Andiroba – 20 – Bairro São Paulo

Belo Horizonte – MG

 

Confira outros artigos do Portal Libertas News, acesse o link abaixo:

https://libertasnews.com.br/category/blog/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *